Conheça seu melhor amigo Cão


Descubra porque seu focinho fica úmido, quais as cores que ele enxerga porque seu rabinho balança...

Para continuar ler clique em "Ler mais..." no botão abaixo!



Olhos: Este sentido difere dos humanos sob muitos aspectos. A visão noturna dos cães é muito mais apurada que a dos humanos. Seu ângulo de visão também é mais amplo, devido a posição de seus olhos, localizados ao lado da cabeça. Sua visão é bicromática (ao contrário dos humanos, que é tricromática), isto é, distinguem bem apenas o amarelo e o azul, além do branco (somatória das cores) e do preto (ausência delas). As cores vermelho, verde, rosa e laranja não são distinguidas pelos cães, que as vêem em branco ou preto. Os cães são mais sensíveis a luz e ao movimento, captando, com maior facilidade, algo movendo-se no escuro. Contudo, possuem menor capacidade de foco e de diferenciar as cores. Em igual, enxergam em três dimensões. A visão é ainda responsável por transmitir certas marcas comportamentais desses animais. Enquanto fitar diretamente com os olhos significa relação de entendimento e segurança, nunca fitar significa o oposto; deslocar o olhar demonstra, além de insegurança, o medo, ao passo que o olhar fixo mostra uma possível vontade de atacar.

Barriga: É uma região rica em sensores táteis. Por isso, ele sente tanto prazer quando alguém o toca ali ou faz cócegas.

Patas: Com o corpo coberto de pêlos, fica difícil transpirar.Por isso, as glândulas sudoríparas do cão se concentram principalmente nas patas.

Orelhas: Elas têm o dobro de músculos das nossas. Por isso, cada uma pode se mover para um lado diferente. São capazes de identificar sons altos e ruídos mínimos a uma distância quatro vezes maior do que a que nós conseguimos. Em suas bases, estão os sensores táteis. Por isso, ele ama ser acariciado ali.

Cauda: O que o rabinho do seu cão está dizendo?A posição, o movimento, a velocidade e a extensão são os principais indicadores.

Ao se preparar para entender o seu cãozinho, você deve ficar atento não apenas à natureza do movimento, ou à ausência de movimento. É importante prestar atenção a todo o conjunto: a posição em que está o rabo - se está alto, médio ou baixo -, a velocidade e a extensão dos movimentos.

Movimentos aparentemente iguais, mas que variam em altura, extensão e velocidade podem significar coisas completamente diferentes, então o primeiro passo é atentar para todo o conjunto.
Rabinho baixo, abanando de forma rápida e curta Pode demonstrar alegria e subserviência.


Quando um cãozinho abana o rabo bem rápido, em uma extensão curta e com ele relativamente abaixado, fique tranquilo, ele não representa nenhum tipo de ameaça e está fazendo questão de deixar isso bem claro. Abanar o rabo dessa maneira para um humano, conhecido ou desconhecido, quer dizer que ele está contente em vê-lo, que é seguro se aproximar e que ele sabe que não é o chefe da matilha.

Caso seu cachorro abane o rabo dessa maneira para você, ele provavelmente aprontou alguma coisa e está pedindo desculpas, ou acabou de tomar uma bronca, mas quer deixar claro que não há ressentimentos e que ele sente muito. Se seu cãozinho abana o rabo dessa mesma forma para outro cachorro, ele provavelmente o identificou como um cão mais dominante e está dizendo: "Eu não quero encrenca, sou amigável e não vou entrar no seu caminho, vamos ser amigos?". Essa forma de abanar o rabo demonstra que o cão não está tão confiante, não quer encrenca e é bastante submisso, seja a um humano ou a um cão que ele acredite ser dominante.

Rabinho baixo, abanando devagar com extensão longa ou curta O cachorro está sentindo o terreno, mas não representa ameaça, pode estar se sentindo ameaçado.


Um cãozinho que está com o rabo baixo e o abana devagar, independente da extensão, está inseguro. Ele abana o rabo dessa forma para demonstrar que não é uma ameaça, mas que não sabe como as pessoas, ou cães à sua volta vão reagir a ele. Essa forma de abanar o rabo pode ser considerada uma evolução do rabo no meio das pernas, ou seja, se um cão está apavorado, mas começa a se soltar, é dessa forma que ele vai reagir.

É muito comum ver filhotes que adentram um novo ambiente abanando o rabinho assim, afinal, eles querem mostrar que são simpáticos, mas não têm certeza se são bem-vindos! Um cão abanar o rabo desse jeito para outro cão demonstra submissão. Se dois cães têm algum tipo de atrito e um deles decide que não está pronto para uma briga, ele certamente vai demonstrar isso abanando o rabo baixo de uma maneira bem devagar, quase como se ele estivesse envergonhado.
Rabo entre as pernas Medo e timidez fazem com que o cão se esconda.


Colocar o rabo no meio das pernas é uma forma do cão se tornar "invisível". Isto é, o cão esconde sua glândula anal, por onde libera seu odor para outros bichinhos, na esperança de passar despercebido ou de demonstrar que ele realmente não quer brigar e está com medo.

O rabo entre as pernas representa medo, apreensão e bastante insegurança, mas também pode estar ligado à timidez. Um cãozinho amedrontado dificilmente procurará encrenca, mas se ele estiver apavorado o suficiente pode tentar se defender e, assim, demonstrar certa agressividade.
Rabo alto, reto e duro É um sinal de que ele está atento; provavelmente será acompanhado de orelhas em pé.


Um cãozinho que levanta o rabo, o deixa erguido e bem durinho, certamente está prestando atenção em alguma coisa. Pode ser um barulho a alguns quilômetros de distância, um cheiro diferente ou simplesmente algo que ele esteja vendo bem à sua frente. Essa atenção pode levar tanto a uma abanada de alegria pura quanto a uma reação agressiva, e isso quem vai decidir é o próprio cão.

Se você não é a única pessoa que leva seu cãozinho para passear e percebe que quando ele avista um outro cachorro do outro lado da rua ele assume essa posição, não se apavore! Eles podem ser conhecidos, que se veem todos os dias e se adoram; então, ao encontrar esse cachorro ele pode ficar atento e ter uma reação de alegria. Também pode acontecer o contrário, e eles não serem muito amigáveis. Nesse caso, pergunte à pessoa que está com o outro cachorro, mas se não se sentir seguro, simplesmente nem dê bola e continue o passeio.
Rabo alto, reto e duro com pelos eriçados Os pelos eriçados são um sinal claro de que o cão não está interessado em fazer amigos.


Como um rabo alto e duro significa atenção, um rabo alto, duro e com os pelos eriçados significa atenção negativa.

Esse é um caso que pode ser considerado o completo oposto do rabo entre as pernas. A cauda levantada tem como objetivo evidenciar seu cheiro e se exibir, os pelos eriçados demonstram que o cão está em um estado de alerta e pronto para o que der e vier.
Rabo alto, abanando de forma rápida e extensa Rabo alto é sinal de confiança, não necessariamente agressividade.


O rabo alto não necessariamente significa que um cão está se sentindo agressivo, apenas demonstra que ele não sente necessidade de se conter ou mesmo de se esconder. Ele pode, certamente, estar sendo assertivo, mas não agressivo.

O rabo alto, abanando de forma rápida e extensa pode significar uma alegria extrema em ver alguém em quem confia muito, como o dono. Ou seja, ele não tem porque temer, então mantém a cauda levantada, e a abana de forma efusiva porque realmente está contente.

Nesse caso, a extensão diz muito, pois demonstra que sua guarda está realmente baixa e não há sinal algum de tensão.

Rabo alto, abanando de forma rápida e curta O movimento rápido e curto pode significar "sou amigável, mas certamente não tenho medo de você".


Comum em cães dominantes quando se encontram com outros cães ou pessoas que não sejam íntimas. Esse tipo de abano deixa bem claro que o cão não tem a menor intenção de se esconder ou ser submisso, que não quer brigar, mas que se tentarem se impor sobre ele, ele vai reagir.

O problema nesse caso é o que o cão pode enxergar como "se impor". Para alguns cães, o simples fato de uma pessoa tentar afagá-lo com ele nesse estado, abanando o rabo dessa forma, pode ser visto como uma forma de imposição ou até agressão, e o cão pode atacar para se defender. Espere que o cão venha até você, não coloque a mão até que você perceba que sua guarda está mais baixa e que ele está relaxando.

Esse é o tipo de abano que é um claro sinal amarelo, há tensão. Por isso, deixe que ela se dissipe, e só então afague o bichinho! Se um cão se comporta assim com outro, pode haver briga. Se um for dominante e o outro não, é nesse caso que o cãozinho submisso vai abanar o rabinho de forma baixa, curta e rápida.

E você? Tem alguma história interessante da mensagem que o rabinho do seu cão lhe passa? Então acesse a fanpage do AgendaPet no Facebook, curta a página e conte para a gente! E para entender ainda mais o seu pet, consulte um especialista. Aqui no AgendaPet você encontra os melhores profissionais, tem acesso aos perfis detalhados e conta com a facilidade de agendar tudo online. Assim, fácil, rápido e seguro!

Fonte: AgendaPet

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de comentar leia:

• Muito obrigada por estar comentando
• Retribuo a todos portanto deixe sua Url (exemplo: <*a *href*= "___"*>Nome do Blog ou Site<*/a*>) <- Sem os * (asteriscos)
• Proibido Palavrões e Xingamentos será banido comentário!
NÃO aceito mais Divulgação no Facebook!
• Aceito Parceria aqui no Blog
• Se for copiar e colar no seu blog me avise e coloque o meu devido créditos
-> Obrigada ;*