AVISO:CUIDADO que é vírus no WhatsApp com "link do McDonald's", quem clicar pode clonar seu número e também não clicar no "link do esquilo" que trava o WhatsApp!Tem um video rolando no Whatsapp chamado "Carnaval da Copa". Não cliquem! Se passarem pra você não abra em hipótese alguma.Ele hakeia seu celular em 10 segudos e não dá pra tirar de jeito nenhum.Qualquer tipo de link estranho não cliquem que é vírus!.

6 fatos horríveis que te farão parar de roer suas unhas agora mesmo!


Também conhecido como Onicofagia, o hábito de roer as unhas é mais comum do que parece. Essa prática ocorre principalmente em momentos de estresse e/ou ansiedade. Bastante comum na infância, algumas pessoas continuam na adolescência e muitas vezes até na idade adulta. Já outras, substituem o ato de roer as unhas por morder os lábios ou canetas, por exemplo.

Para continuar a leitura clique em "Ler mais..." no botão abaixo!

Podem e não ter explicações científicas. E é tão comum, que atinge 29% da população mundial. Além de ser considerado nada higiênico pelos adultos, esse hábito pode provocar sérios riscos à saúde.

Selecionamos uma lista com 6 fatos horríveis que te farão parar de roer as unhas agora mesmo!

Danifica a estética das mãos. Roer as unhas provoca microtraumatismos, resultando na alteração de sua anatomia e, dependendo do grau, podem começar a crescer de formas desiguais, com bordas irregulares, algumas chegam até não cobrir a carne dos dedos.

Podem aparecer feridas na pele ao redor, às vezes, acompanhadas de sangramentos. Fazendo com que os dedos inflamem, ficando avermelhados, mudando seu formato original. A probabilidade de ter agonia, sentir-se incomodado ao segurar objetos, por ter as unhas tão curtas, também é grande.

As lesões ocorridas favorecem o aparecimento de infecções causadas por fungos, conhecidas como onicomicose. Causando o enfraquecimento, dando uma cor amarelada e, em alguns casos, podendo levar a unha a cair permanentemente.

E não apenas as unhas ão prejudicadas por esse mal hábito. A boca e os dentes também. Por causa da constante fricção, produzindo um choque entre os dentes incisivos superiores e inferiores, fazendo com que se desgastem, tornando-os mais sensíveis.

Não apenas, em crianças, é muito comum o acontecimento de maloclusão, ou seja, o mau posicionamento dos dentes. Além do físico, o emocional das pessoas que roem unhas também é afetado. Elas tendem a ser pessoas inseguras, vergonhosas, ainda mais quando necessitam expor as mãos em ambientes sociais. Além tratamentos médicos e alternativos para ajudar pessoas com “vício” em roer as unhas, como: pintar as unhas; usar unhas artificiais; manter a boca ocupada, mascando chiclete, por exemplo; exercícios de relaxamento ou esportes, assim diminui-se a tensão, consequentemente a ansiedade e o ato diminui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de comentar leia:

• Muito obrigada por estar comentando
• Retribuo a todos portanto deixe sua Url (exemplo: <*a *href*= "___"*>Nome do Blog ou Site<*/a*>) <- Sem os * (asteriscos)
• Proibido Palavrões e Xingamentos será banido comentário!
NÃO aceito mais Divulgação no Facebook!
• Aceito Parceria aqui no Blog
• Se for copiar e colar no seu blog me avise e coloque o meu devido créditos
-> Obrigada ;*