AVISO:CUIDADO que é vírus no WhatsApp com "link do McDonald's", quem clicar pode clonar seu número... e na rádio falou sobre o WhatsApp Gold e é verdade.Há um vídeo que será lançado amanhã no WhatsApp e é chamado Martinelli. Não abra a mensagem "Digite seu telefone", destrói tudo e não vai conseguir consertá-lo.Se você receber uma mensagem para atualizar o WattSapp Gold.Não abra! Não cliquem!Qualquer tipo de link estranho não cliquem que é vírus!.

6 serviços que o Google aposentou em 2018


Empresas de tecnologia constantemente cancelam serviços que não estão indo muito bem, mas ninguém é tão bom nisso quanto o Google. A empresa já tem uma fama de longa data de ser implacável com serviços que falham em atrair o público, e no ano de 2018, não foi diferente.

Para continuar a leitura clique em "Ler mais..." no botão abaixo!

Relembre a seguir todos os serviços que o Google cancelou ou anunciou que vai cancelar ao longo do ano:

Google+

A rede social do Google foi criada em 2011, mas nunca ganhou o coração do público. Na verdade, foi justamente o oposto: desde sua criação, ele virou praticamente uma piada pela sua baixa popularidade e a insistência do Google em empurrar o serviço vinculando comentários no YouTube à rede social também não ajudou.

Em 2018, o Google finalmente anunciou que colocaria um fim em sua malfadada rede social após a empresa descobrir uma série de falhas de segurança que permitiram acesso indevido a dados de alguns milhões de usuários. A companhia concluiu que não valia a pena manter a plataforma operando depois disso.

Assim, o Google+ para usuários comuns se tornará inacessível em abril de 2019. A empresa ainda pretende manter funcionando uma versão do Google+ para os clientes corporativos que utilizam a G-Suite, mas para a maioria do público, abril é o limite para usar a rede social.

Hangouts

Se há alguma coisa que o Google faz muito bem é sabotar seus aplicativos de mensagens. Todos os anos, a empresa lança apps que concorrem entre si, sem diferenças claras de funcionalidade e que só servem para confundir o público.

Em 2018, a empresa tentou colocar uma ordem no caos eliminando alguns aplicativos, e um deles é o mais tradicional de todos: o Hangouts. A versão “clássica” do serviço será descontinuada, e os usuários serão migrados para os apps Hangouts Chat e Hangouts Meet, lançados com foco corporativo em 2017. Ainda não há uma previsão de quando isso vai acontecer, no entanto.

Allo

Outro aplicativo de mensagens do Google que nos deu adeus durante 2018. Lançado em 2016, o objetivo do Allo era ser uma resposta ao WhatsApp e ao Messenger contando com uma série de recursos interessantes e integração com inteligência artificial e ao Google Assistente.

Nas nossas primeiras impressões do app publicadas na época do lançamento, o Allo mostrou algumas características bastante interessantes e promissoras, apesar do desconforto de ter o Google se intrometendo no meio das conversas. O público, no entanto, nunca se convenceu, o que fez com que a empresa anunciasse o encerramento do Allo apenas dois anos após seu lançamento.

O fim do Allo está marcado para março de 2019. Em seu lugar, o Google pretende investir no Android Mensagens e na plataforma de mensagens RCS.

Inbox

O Inbox nunca foi um dos serviços mais populares do Google, mas ao contrário de outros mencionados previamente, ele tinha uma comunidade bastante apaixonada pelas suas funções.

O serviço, integrado ao Gmail, oferece uma nova forma de organização da caixa de entrada. O próprio Google chegou a admitir que o Inbox era utilizado como uma plataforma de testes para novos recursos do Gmail. A empresa dizia que implementar qualquer mudança no Gmail era difícil, pois era um serviço muito popular e importante para o público, fazendo com que qualquer alteração mínima se tornasse motivo de revolta.

No entanto, com o passar do tempo, ficou cada vez mais evidente a aproximação dos dois serviços, tornando o Inbox cada vez menos relevante. Assim o Google confirmou o fim do Inbox para março de 2019.

YouTube Gaming

Vendo o crescimento do Twitch e do streaming de jogos, o Google decidiu lançar uma versão do YouTube dedicada exclusivamente a games em 2015 para facilitar a vida de streamers e dos espectadores. No entanto, o serviço nunca colou muito bem com o público, já que havia poucas vantagens práticas em usar o serviço no lugar do YouTube comum.

Com isso, o YouTube Gaming deixará de existir em algum momento ainda não definido de 2019. O conteúdo relacionado a jogos permanecerá acessível dentro de uma seção específica do YouTube comum.

Goo.gl

O Google também anunciou em março deste ano que encerraria de vez o seu encurtador de URLs, deixando tristes analistas de mídias sociais pelo mundo todo. Usuários que já usavam o serviço terão até março de 2019 para aproveitar o recurso, quando a plataforma será encerrada de forma definitiva.

Por:Renato Santino
Fonte:Olhar Digital

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de comentar leia:

• Muito obrigada por estar comentando
• Retribuo a todos portanto deixe sua Url (exemplo: <*a *href*= "___"*>Nome do Blog ou Site<*/a*>) <- Sem os * (asteriscos)
• Proibido Palavrões e Xingamentos será banido comentário!
NÃO aceito mais Divulgação no Facebook!
• Aceito Parceria aqui no Blog
• Se for copiar e colar no seu blog me avise e coloque o meu devido créditos
-> Obrigada ;*